Caixa de Assistência aos Membros da Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro


Área Restrita
Clique aqui

Conteúdo exclusivo aos profissionais de saúde.

  • 01/09/2014
    Editorial
    Já mencionei aqui algumas das vantagens conquistadas aos nossos associados com a regulação da CAMARJ pela ANS, em 2013. No entanto, primando pela transparência que sempre caracterizou as gestões desta casa, quero registrar também as dificuldades que esse reconhecimento nos impôs enquanto Operadora de pequeno porte. Antes, para gerir a instituição, bastava ao Conselho Diretor, apoiado pelo Consultivo e Fiscal, avalizar suas propostas junto aos associados através das assembleias sempre que necessário e, assim, implantá-las e administrá-las. O escopo de cada proposta era pensado considerando, claro, as possibilidades reais de sua implantação, sejam do ponto de vista administrativo ou financeiro. Agora, sob as regras da ANS, a CAMARJ se vê na obrigação de atender exigências que, apesar de necessárias, acabam por se transformar em difíceis percalços para a sua administração. Dentre elas, gostaria de citar: • a garantia financeira de cobertura de sinistros, feita através de depósito, cativo e vinculado à ANS (PEONA*), que, no caso da CAMARJ, alcança atualmente a cifra de R$ 2.300.000,00. Essa garantia é revista trimestralmente e sempre que houver aumento da sinistralidade, o que nos leva cada vez mais a adotar a política do uso consciente do plano; • a substituição de serviço credenciado por outro da mesma especialidade e qualidade sempre que houver um descredenciamento, independente de quem o tenha solicitado (CAMARJ ou credenciado) – uma situação de difícil administração já que, por ser um plano de pequeno porte, a CAMARJ não consegue muitas vezes negociar com seus credenciados a prática de tabelas diferenciadas, nos sendo impostas aquelas praticadas aos clientes particulares; • a adequação à norma que permite que as tabelas das mensalidades sejam escalonadas por faixa etária apenas até o limite de 59 anos. Ou seja, o valor da mensalidade deverá ser único aos associados com 60 anos ou mais, que não sofrerão reajustes por mudança de faixa. Norma que, por ora, não recai sobre o Plano CAMARJ, já que o produto não está regulamentado junto a ANS, o que deverá acontecer a partir do próximo ano. Tal situação poderá trazer uma redução significativa na receita mensal da CAMARJ, ainda não dimensionada. Pela complexidade do assunto, voltaremos a ele nas próximas edições do CAMARJ Notícias. Se por um lado essas novas realidades representam mais empenho da diretoria que hoje administra a CAMARJ, por outro representa também mais solidez ao nosso plano e mais segurança aos nossos associados. Como dizem, “Não crescemos quando as coisas ficam fáceis, mas quando enfrentamos novos desafios”. Atenciosamente Manoel de Brito Varela Presidente da CAMARJ. *PEONA – Provisão de Eventos Ocorridos e Não Avisados - montante que deve ser estimado atuarialmente para fazer frente ao pagamento dos eventos/sinistros que já tenham ocorrido e que não tenham sido registrados contabilmente pela Operadora. ऊ
  • 01/09/2014
    Abrangência dos Atendimentos da CAMARJ
    O atendimento ao associado CAMARJ está limitado ao território brasileiro. Por determinação da ANS, não deve haver cobertura para atendimentos feitos por prestadores de serviço que não possuam CNPJ ou CPF. Assim, em uma viagem para fora do país, não deixe de solicitar o seu Assist Card – o seguro viagem internacional, patrocinado pela CAMARJ.
  • 01/09/2014
    Pró-Cardíaco Suspende Convênio
    Por iniciativa própria, e sem maiores explicações, o Hospital Pró-cardíaco suspendeu em Julho todos os convênios firmados através da UNIMED Leste Fluminense, entre eles o Plano CAMARJ. A oferta de um convênio direto também não foi aceita. Assim, recomendamos nos casos de urgência ou emergência, que nossos associados busquem atendimento em outro hospital da nossa rede credenciada, relacionados nos livros CAMARJ, UNIMED e em nosso site. A oferta é grande e nela consta outros hospitais como a Casa de Saúde São José, o Hospital São Vicente de Paulo e os da Rede D’or.

Galeria de Imagens

 

Confira imagens e vídeos sobre a CAMARJ

 

 

Banner Vida UTI Móvel

Sede: Rua do Carmo n° 7 - 2° Andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Tel: 2533-5995

Coordenadoria Médica: Av. Almirante Barroso n° 63 - Grupo 503 - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Tel: 2533-4334

Sede Campestre: Rua Jordão n° 476 - Taquara - Rio de Janeiro - RJ - Tel: 2423-2921 / 2443-4107